home /

Carta da Sociedade Portuguesa de Andrologia

 

Carta da Sociedade
Portuguesa de Andrologia

 

 

O sofrimento silencioso dos homens com disfunções sexuais, nomeadamente Ejaculação Prematura (EP) e Disfunção Erétil (DE), e o consequente impacto no relacionamento interpessoal e sociolaboral, assim como a necessidade de maior acesso a informação sobre estas patologias levou ao desenvolvimento do WebSite EUCONTROLO.pt.

 

O que é a Ejaculação Prematura (EP)?

A Ejaculação Prematura (EP) é a disfunção sexual masculina mais frequente, definindo-se, de acordo com a Sociedade Internacional de Medicina Sexual (ISSM), como uma ejaculação que ocorre sempre ou quase sempre antes de, ou cerca de, um minuto após penetração vaginal, associada à incapacidade em a atrasar em todas, ou quase todas, as penetrações vaginais e com consequências pessoais negativas, como sofrimento, incómodo, frustração e o evitar da intimidade sexual.

A EP pode-se classificar como uma EP "desde sempre" (primária), presente desde o início da atividade sexual, ou adquirida (secundária), de aparecimento mais tardio e em qualquer idade.

Alguns números para reflexão:

  • A EP é a disfunção sexual mais prevalente, afetando 1 em cada 5 homens
  • A EP é a disfunção sexual menos diagnosticada e tratada
  • 58% dos homens com EP ejaculam em menos de 1minuto
  • 95% dos homens com EP têm um controlo fraco ou muito fraco sobre a ejaculação
  • 92% dos homens com EP apresentam níveis de frustração moderada a extrema
  • 57% dos homens com EP estão insatisfeitos com a relação sexual
  • 63% dos homens apresentam dificuldades interpessoais
  • Mais de 60% das parceiras estão insatisfeitas com o seu relacionamento sexual

 

O que é a Disfunção Erétil (DE)?

A Disfunção Erétil consiste na incapacidade persistente em atingir e manter uma ereção suficiente, de modo a permitir uma relação sexual satisfatória.

A DE pode classificar-se, de acordo com a sua etiologia, em:

  • Psicogénicas (25%)
  • Orgânicas (25%)
    ·      Vasculares
    ·      Hormonais
    ·      Neurogénicas
    ·      Iatrogénicas
  • Mistas (45 %)
  • Desconhecidas (5%)

A correção de hábitos de sedentarismo, alimentares e tabágicos, assim como o diagnóstico e tratamento de patologias como a depressão, obesidade, hipertensão arterial, diabetes, dislipidémias e doenças cardiovasculares, são fundamentais para o sucesso da terapêutica da DE.

É importante ter em conta que a presença de DE deve levar sempre ao despiste de doença cardíaca, pois esta pode ser a primeira manifestação desta doença.

Alguns números para reflexão:

  • Prevalência global de 12 % – 500 000 portugueses sofrem de DE
  • 52% dos homens entre os 40-70 anos apresentam DE
  • 29% dos homens entre os 40-49 anos apresentam DE
  • 50% dos homens entre os 50-59 anos apresentam DE
  • 74% dos homens entre os 60-69 anos apresentam DE

Milhões de homens com Ejaculação Prematura ou Disfunção Erétil em todo o mundo, bem como os seus parceiros sexuais, experienciam redução na satisfação sexual, redução da sua atividade sexual e consequente aumento dos níveis de sofrimento e dificuldade de relacionamento com repercussão na qualidade de vida global.

O estigma da doença e a vergonha, associados ao desconhecimento sobre estas patologias e sobre as possibilidades terapêuticas, fazem com que só 9% dos homens procurem ajuda.

Por todas estas razões o WebSite EUCONTROLO.pt. tem um papel fundamental na informação e inversão dos números apresentados, de modo a contribuir para uma melhor saúde sexual e, como consequência, para uma melhor saúde global e qualidade de vida.

 

Não ignore o seu problema.
Não tenha vergonha.
Consulte o seu Médico.
A EP e a DE têm solução.
Assuma o controlo.

 

A.J. Pepe Cardoso
Presidente da SPA
(Sociedade Portuguesa de Andrologia. Medicina Sexual e Reprodução)