home / Sexualidade / Vox Pop /

Homossexualidade?

 

A homossexualidade ainda é mal aceite na sociedade portuguesa?

 

 

O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo passou a ser legalmente permitido em Portugal a 5 de junho de 2010. três anos depois, centenas de casamentos foram celebrados. De acordo com os mais recentes números do Instituto Nacional de Estatística, em 2011, realizaram-se 324 casamentos homossexuais (103 entre mulheres e 221 entre homens). Em 2010, tinham-se registado um total de 266 (177 casamentos entre homens e 89 entre mulheres). Mas, será que tal significa que a homossexualidade já não incomoda?

FOMOS SABER O QUE PENSAM PORTUGUESES DE "TODAS" AS IDADES.

Ana, 30 anos

"É aceite na sociedade portuguesa, mas com limitações"

“Embora caminhemos para uma sociedade cada vez mais inclusiva, ainda existem muitas pessoas com preconceitos negativos em relação à heterogeneidade e ao que é diferente. Considero que a homossexualidade é aceite na sociedade portuguesa, mas com limitações, sobretudo no que se refere ao pleno exercício de direitos cívicos. A igualdade de oportunidades ainda não é uma realidade para todos os cidadãos.”

César, 64 anos

"As mudanças civilizacionais vão alterar mentalidades"

“A homossexualidade, sendo uma condição e não uma opção, é uma exceção à regra estatisticamente confirmada pelos estudos já publicados. Não é ainda bem aceite, mas tolerada, sendo aceite sobretudo pelos mais jovens e em meios culturalmente mais evoluídos. No entanto, continua, por vezes, a ser referida como doença ou mesmo como “uma aberração da natureza”. Hoje são conhecidas múltiplas figuras públicas assumidamente homossexuais e altamente respeitadas, seja nos meios académicos ou outros, pela sua dimensão de grandeza e dignidade cultural, social e moral. Penso que as mudanças civilizacionais em curso – a sociedade dos direitos humanos, do direito à diferença, da tolerância, em suma, a sociedade inclusiva – vão alterar mentalidades, mesmo naquilo que não conhecemos ou vivenciamos.”

Gina, 52 anos

"Ainda encontramos exemplos de discriminação"

“Creio que já se registaram alguns progressos ao nível da aceitação da diferença, em geral, e da homossexualidade, em particular. No entanto, ainda encontramos com frequência exemplos de discriminação e de não respeito pela orientação sexual das pessoas, patentes muitas vezes nas anedotas e comentários que se fazem.”